Hoje lendo os jornais, fiquei bem surpresa com a morte do jogador de futebol, Paulo Ramos, ex-jogador do grêmio, de 24 anos. O que fez eu ficar surpresa, foi justamente a idade dele, tão novo, e morrer com problemas no coração.

Quando li que o motivo da morte foi Arritmia Cardíaca, fui pesquisar o que seria essa doença, mesmo tendo uma ideia, de que fosse relacionado ao coração. E sempre bom, nos informar sobre diversos assuntos, e quando falamos de saúde, é muito mais que importante, é precaução.

O que seria arritmia cardíaca?
Arritmia cardíaca é um problema na velocidade ou ritmo do batimento cardíaco. Durante uma arritmia o coração pode bater muito rápido, muito devagar, ou com ritmo irregular. Batimento cardíaco muito rápido é chamado de taquicardia, enquanto muito devagar chama-se bradicardia. A maioria das arritmias não causa danos, porém algumas podem ser sérias ou até ameaçar a vida. Com arritmia cardíaca o coração pode não ser capaz de bombear sangue suficiente para o corpo, o que pode danificar o cérebro, coração e outros órgãos./em>

Causas da doença
Arritmia pode ocorrer quando os sinais elétricos que controlam os batimentos cardíacos ficam atrasados ou bloqueados. Isso pode acontecer quando as células nervosas especiais que produzem o sinal elétrico não funcionam apropriadamente, ou quando os sinais elétricos não viajam normalmente pelo coração. Uma arritmia também pode ocorrer quando outra parte do coração começa a produzir sinais elétricos, adicionando aos sinais das células nervosas especiais, e alterando o batimento cardíaco normal.

Sintomas
Muitas arritmias não ocasionam nenhum sinal ou sintoma. Quando os sinais e sintomas estão presentes, os mais comuns são:
* Palpitações cardíacas (sensação de que o coração pulou uma batida ou está batendo muito forte).
* Batimento cardíaco lento.
* Batimento cardíaco irregular.
* Sensação de pausa entre os batimentos cardíacos.

Sintomas e sinais mais sérios incluem:
* Ansiedade.
* Fraqueza.
* Tonteira e dor de cabeça leve.
* Transpiração.
* Falta de fôlego.
* Dor no peito.

Tratamento
Os tratamentos mais comuns para arritmias incluem remédios, procedimentos médicos e cirurgia. O tratamento é necessário quando a arritimia causa sintomas sérios como tonteira, dor no peito e desmaio, ou quando ela aumenta a probabilidade de desenvolver complicações como insuficiência cardíaca ou ataque cardíaco súbito.

Fico por aqui no post.

Fonte: Copacabana Runners e Globo Esporte.com

AM

Anúncios