Para começar os novos posts de 2010, nada melhor do que falar sobre 2009 e de forma breve, fazer uma retrospectiva.

Acho que 2009 não passou rapidamente, mas, voando!

Foi um excelente ano, não tenho nada que reclamar, embora, tive alguns contratempos – considero como aprendizagem, mas tudo foi excelente.

Esse foi o ano do meu casamento. Que dia lindo, que dia feliz! Montei meu apartamento do jeitinho que eu tinha sonhado e pensado, só que Deus me deu muito mais!

Esse foi o ano que fui para o período noturno na faculdade, e infelizmente, deixei minhas queridos amigos – Rita, Ana, Cris, Marcio, Gil, – entretanto, fiz novas amizades como a Suzana e a Nathy.

Esse foi o ano que entrei num trabalho para crescer – psicologicamente. Esse acontecimento não é bom relembrar.

Esse foi o ano também que trabalhei no ICE-Instituto Italiano para Comércio Exterior, e me apaixonei pela língua e cultura italiana. Foi ótimo estar com o pessoal de lá.

E claro, não posso esquecer de citar, a amizade com a Gigi, que cresceu absurdamente, e sou grata a Deus por isso, pois ela é sincera, amiga, verdadeira, íntegra, enfim…muitas qualidades. E fiquei tão feliz, que nesse ano, ela e o Cição conseguiram comprar a casa deles. Uma casa enorme, muito bonita!

Esse foi o ano que Deus me ensinou muito, onde alguns valores e princípios que não posso abandonar jamais, mesmo que falem de mim, devo prosseguir ao chamado!

Esse foi o ano que minha vida profissional começou a deslanchar, e há anos estava como o mar morto – com vida, porém estagnado.

Esse foi o ano que vi meu irmão estudando muito e graças a Deus ele conseguiu passar na OAB. “Parabéns, Ale!”

Esse foi o ano que redescobri o meu potencial.

Esse foi o ano que voltei a favela Fazendinha, apadrinhei a Beatriz de 09 anos, e revi a Ketlin.

Esse foi o ano que reacendeu a paixão para missões, ao trabalho social, e tudo isso, atrelado a minha profissão – jornalismo.

E por falar em jornalismo, nos 45 minutos do segundo tempo, comecei um estágio. O ano não podia terminar melhor! Desde 30 de novembro inicei na Editora Casa Nova, estou na redação – que sonho real ! – e pra fechar o ano, vou escrever a minha primeira matéria, que sairá na próxima edição da Gestor.

Esse foi o primeiro Natal que passei com a família do Edu, minha nova família. Ganhei um monte de sobrinhos (a)..

Acho que 2009 teve muitas tragédias no Brasil e no mundo, mas, também houve muitas coisas boas. Houve descobertas fantástica na ciência, o Brasil saiu da crise que atingiu todo mundo, mas, de forma surpreendente saímos vitoriosos, houve um crescimento na economia e tantas coisas boas.

Infelizmente, o ano termina e inicia com algumas tragédias por causa das chuvas. Muito triste, mas, ainda sim, sei que 2010 promete. Será um ano maravilhoso!

Que venha então, 2010!!!

Anúncios